Por que as fintechs caíram no gosto dos clientes bancários

3 minutos para ler

 As fintechs facilitaram as relações das pessoas com o dinheiro e isso é positivo, tanto para quem usa quanto para quem administra.

O mercado financeiro sempre foi um tabu para boa parte dos brasileiros. Não há aulas sobre finanças nas escolas, raramente os pais falam sobre o assunto com seus filhos e, dependendo do curso de graduação escolhido, o tema também não é abordado.

Um mercado que facilite o entendimento sobre finanças, faça as pessoas terem mais controle do próprio dinheiro e, ainda por cima, com menos burocracia, ajuda muito a população. É por isso que as fintechs crescem cada vez mais no Brasil, aproximando, inovando e humanizando o mercado, mas, acima de tudo, facilitando o entendimento sobre finanças e pagamentos, compras e até investimentos.

Pesquisas mostram um crescimento de 22% na atividade do setor no último ano, número que reflete as cerca de 377 fintechs no País atualmente, com expectativas de crescer muito mais. O grande diferencial é a tecnologia, que elimina a burocracia dos bancos tradicionais e traz a comodidade de ter inúmeras facilidades na palma da mão.

A promessa de entregar inúmeros benefícios com a rapidez do mundo atual fez com que esse mercado se destacasse frente aos bancos tradicionais e se mantivesse em constante crescimento.

Agora ficou fácil entender por que esse mercado só cresce, certo?

Se ainda não ficou claro pra você, aqui vão alguns dos principais motivos pelos quais as fintechs são o sucesso do momento:

Quais são as verdadeiras vantagens das fintechs?

  • Tecnologia como o principal diferencial, fazendo os processos financeiros serem muito mais rápidos;
  • Não tem filas;
  • Dispensa burocracia;
  • Aproximação do cliente com o mercado financeiro;
  • Facilita a venda em e-commerces;
  • Viabiliza o empreendedorismo por conta da disponibilidade para conseguir empréstimos com menores taxas de juros;
  • Domínio das finanças da sua empresa;
  • Não gera tantos custos para quem quer investir na área, já que não necessita de espaço físico.

Como se não bastassem todas essas vantagens, as fintechs ainda trouxeram uma mudança cultural positiva muito grande aos brasileiros: despertaram o interesse da população pela educação financeira, além de incentivarem novos comportamentos em relação ao dinheiro. Hoje, temos inúmeros aplicativos que ajudam a controlar os gastos, canais de educação financeira no YouTube, cursos e muito mais informação sobre o assunto em grandes portais de notícia. Tudo isso, graças à movimentação e à facilidade que as fintechs proporcionaram.

Quer saber mais? Acompanhe nossa página no Facebook, nosso perfil no Instagram e nosso site.

Posts relacionados

Deixe um comentário